Seguidores

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Férias em Aljezur parte I !

Como tem sido hábito, no final do Verão lá consigo tirar uma semana de férias e ir descansar um pouco para a zona de Aljezur.
Este ano fui quase no inicio do Outono mas com temperaturas que se fizeram sentir,  nem deu para notar diferença.
Como tinha apenas uma semana e não queria abusar na pesca optei por levar "apenas" o material de Surfcasting e Spinning.
E para ser sincero estava mais numa de Surfcasting para conseguir conciliar pesca e praia  nas calmas e ir fazer o inicio da manhã uma ou outra vez ao Spinning. 
Para fazer um Surfcasting , no primeiro dia logo pela fresca, pensei em aproveitar a baixa mar e ir apanhar uma teagem para depois de almoço ir fazer uma pesca . Mas pensei porque não ir apanhar uma teagem e levar o material de Spinning para fazer uns lançamentos?!
Assim foi! Ainda o dia estava a clarear e já estava no pesqueiro a fazer uns lançamentos .
Faço os primeiros lançamentos e sem contar quando dei por isso já estava o carreto a cantar! Umas boas cabeçadas com corridas à mistura anunciavam  um robalo de bom porte ... uma luta muito intensa e peixe em seco. 
Estava ainda a recuperar da emoção da luta e a pensar que já tinha no saco um bom peixe para estender na grelha, lanço novamente , dou umas maniveladas e PUM!PUM!PUM! Já lá tinha outro ! Mais uma para o saco e penso para mim " podes não pescar mais nada nos próximos dias que já valeu a pena ! " .
O peixe andava pelo pesqueiro e muito ativo.
Cada lançamento que fazia era uma incógnita...sabia que era uma questão de tempo ... ao fim de poucos lançamentos e tinha mais um peixe na ponta da linha...
Em apenas 1h e pouco deu para fazer 6 capturas ( um robalote devolvido ) , muitos outros ataques falhados, e peixe que desferrava.






Para quem ia apenas apanhar uma teagem não foi nada mau !
Escusado será dizer que depois disto não quis saber mais do Surfcasting 😜😆 !


Cumprimentos!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Novo Spot!

Por falta de pesqueiros e os poucos existentes muito concorridos pela malta do Surfcasting,nesta jornada acabei por me fazer à estrada e andar uns bons km para experimentar novos locais.
Por vezes é bom sair um pouco da nossa zona de conforto, daqueles locais de pesca que tão bem conhecemos que até podemos chamar " o meu quintal" e ir á procura de algo novo que nos possam vir a dar possíveis alegrias e possa ser mais um local a ter em conta e servir de plano B,C ou D!

Spot escolhido...mar com excelentes condições e toca a lançar !
Não foi preciso muito até sentir o primeiro toque ... pouco depois outro ... e outro ... e parecia que era daqueles dias que o peixe andava a comer de faca e garfo e não ferravam nem por nada!
No meio de umas quantas investidas ainda consegui enganar estes dois !




Final de jornada com uma pesca engraçada a deixar um sabor agridoce.  
O facto de saber que eles andavam por lá e não conseguir concretizar metade dos ataques em ferragens deixou-me lixado! Mas por outro, fiquei contente pelas capturas e de poder ter em conta mais um local que muito promete para novas investidas.

Cumprimentos!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Aos poucos lá vão aparecendo!

Aqui ficam mais uma jornada que quando já nada fazia prever lá veio este robalinho salvar a grade que era quase certa!
Uma luta gratificante que fez valer a pena todas as horas de insistência .


Cumprimentos!

domingo, 22 de outubro de 2017

Não há duas sem três !

Este Verão foi pouco produtivo em relação a anos anteriores a nível de pescarias mas as poucas que fiz acabaram por compensar pela sua qualidade . 
Nesta jornada foi um bom exemplo disso, na companhia do Jota fomos batendo terreno palmo a palmo sem que houvesse sinais de vida . 
Já com umas 3h de pesca resolvemos aguentar por uma zona que parecia ter mínimas condições para a pouca altura que a maré já tinha. 
Numa altura que estamos a pescar e ao mesmo tempo na conversa ( que já estava bom era para a conversa já que peixe nem vê-lo) , sinto uma grande prisão e ZZZZZZZZZZZZZZZZ! ZZZ! ZZZZ!
Depois de uma daquelas lutas espectaculares lá consegui meter o bicho em seco ...


Mais uma linda Corvina !



Desde que iniciei a pesca de Spinning nunca tive um Verão com tão poucas capturas até ao momento , mas também será um Verão que não esquecerei pela qualidade das poucas que fiz.

Cumprimentos!

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Jornadas com finais diferentes!


Depois da grande captura a moral não poderia andar mais em altas e só pensava na próxima oportunidade para fazer nova investida .
Passado uma semana as condições eram novamente favoráveis , ao qual resolvi ir experimentar fazer nova investida .
Não foi preciso muito tempo para sentir algo no vinil mas sem sucesso na ferragem.
Mais uns lançamentos ... novamente à saída sinto uma pancada e mais uma vez quando dei por isso tinha uma locomotiva a levar fio a uma velocidade estonteante  e só pensei " Ok , está a acontecer de novo , tenho aqui outra Corvina grande engatada!" e do nada solta-se ... Ainda não tinha caído em mim da outra captura e já tinha tido nova oportunidade mas desta vez ganhou o peixe. Posso dizer que perder um peixe assim doí um pouco!
Depois desta perdida a jornada não revelou mais nenhuma surpresa ...mais uma grade!
Jornada seguinte combinei com o Vítor em ir experimentar uma zona em que costuma ser boa com alguma altura de água . Fui um pouco mais cedo , experimentar fazer o inicio da enchente e num pequeno buraco e em pouco mais de 15 minutos consigo efectuar 5 capturas em que aproveitei 3 e 2 foram devolvidos ao seu meio habitat .
Nisto chega o Vítor e quando lhe digo o que tinha acontecido no tempo que demorou a chegar junto a mim ele quase espumou da boca! 
A maré foi subindo e o peixe que tanto tinha prometido entrar ali em força , estranhamente tinha afastado . Eu aguentei-me pelo mesmo local enquanto o Vítor foi explorar novos locais ... mal ele acaba de afastar-se , ferro um bom peixe que pelo cantar do carreto não enganava :) 
Estava mais uma vez sozinho e lá teria de aguentar-me sem ajuda , mas com calma lá veio parar cá fora mais uma Corvina . 



Ainda aguentamos mais umas horas mas nada mais saiu! 
Para mim foi uma jornada muito animada mas infelizmente para o Vítor não foi  contemplado com qualquer captura e muito por falta de timming , pois o peixe só deu sinal quando ele não esteve presente. 



Cumprimentos!


sábado, 30 de setembro de 2017

Corvina XXL !!! Peixe de uma vida !

Enquanto pescador tenho vários objectivos ( há quem lhe chame de sonhos), eu gosto de pensar que como na vida tudo o que conseguimos é por mérito e por muita vontade ou teimosia. 
Todos os que gostam e praticam este hobby devem saber que por vezes é muito ingrato,  temos de passar muitas horas juntos ao mar, muitos Km percorridos , muitos sacrifícios para conseguir levar alguma coisa para casa o que grande parte das vezes somente uma bela e grande grade!
Passamos por fazes boas em que apanhamos peixe de qualquer forma e feitio e pensamos que afinal já percebemos qualquer coisa da coisa e depois vem as menos boas que fazemos jornadas a fio sem uma única captura e começamos a duvidar de nós próprios. 
É nessas alturas menos boas que me agarro aos meus sonhos e penso que no próximo lançamento poderei ferrar um grande exemplar e mudar uma má jornada para uma jornada memorável.
Tudo isto para vos contar a minha jornada e mostrar que o caminho mais fácil por vezes é desistir mas quando temos força para insistir um pouco mais, por vezes podem ter uma bela surpresa ....

Uma bela noite de Verão em que nenhum dos meus companheiros de pesca podiam ir resolvi ir fazer uma investida sozinho . 
Apenas tinha visto no Windguru que  mar apresentava uma boa queda para o fim do dia e nem tive tempo de ir ver pesqueiros ... 
Como não sabia bem onde haveria de insistir , comecei a bater terreno palmo a palmo na esperança que o peixe desse sinal . 
Inicialmente o mar ainda tinha um pouco de força mas com o passar do tempo e encher da maré dava para ver que as previsões estavam corretas ... o mar estava a ficar mais calmo e aí comecei a pensar que tinha todas as condições para enganar algum peixinho . 
As horas a passar e o cansaço no corpo a aumentar também ... como já não tenho os meus 20 anos ao fim de um dia de trabalho e 5h de Spinning já tinha a minha conta!
Por teimosia pensei em insistir um pouco mais e voltei atrás para um local do qual tinha gostado e tentei a minha sorte!
Estava a fazer os lançamentos e sempre a pensar no que era engatar um grande peixe para ouvir o carreto a cantar durante muito tempo ( acho que também penso nisso todas as jornadas e muitas vezes ) ... e do nada sinto que algo de muito grande tinha acabado de pegar no vinil mesmo junto à rebentação !! Não consigo descrever o que foi aquilo ... não foi toque , não foi uma porrada! Começou a levar fio a grande velocidade e eu a pensar " está a acontecer! Só pode ser uma locomotiva daquelas ... " . O carreto que até hoje nunca me deixou mal , parecia que era de um carreto de brincar em que não tinha Drag! Os primeiros 10 minutos senti que aquilo era demasiada areia para a minha camioneta!Simplesmente não consegui dar uma única manivelada , apenas limitei-me a controlar o fio que tinha na bobine e a tentar travar um pouco com as mãos em cima da bobine pois não queria ficar sem fio .
Quando finalmente as grandes corridas pararam pensei que afinal ainda poderia ter alguma hipótese de ganhar a luta contra aquele grande bicho que estava na ponta da linha ....
Andei muitos metros na praia de um lado para o outro , os braços doíam, soava por todo o lado  ... ao fim de uns 30 minutos de luta veio pela primeira vez ao cimo e só via uma grande mancha branca a uns 30 metros de mim ...era enorme!
Foi a partir daí que comecei a pensar como é que sozinho iria conseguir meter um bicho daquelas a seco ...O mar na altura mais parecia um rio e não ajudava em nada para a meter cá fora , tinha de ser com muita calma mesmo até porque estava a pescar com um multifilamento 0,18 ...  mais uns 15 minutos com ela a uns 5 metros de mim e sem nada poder fazer pois era um peso danado ! 
Por fim lá veio uma pequena onde em que ajudou a meter o bicho a seco e lá consegui deitar-lhe a mão! 
Era uma grande Corvina...

26.500 KG de power!



Não sabia se havia de gritar de alegria ou cair para o lado de tanto cansaço!

Sem dúvida que o meu Record estava batido!




Foram 50 minutos de luta e adrenalina!









Ao longo destes anos que pratico Spinning sempre imaginei que poderia ser contemplado com grandes capturas mas nunca imaginei um exemplar destes.

Depois desta épica batalha o meu desafio seguinte seria levar aquele peixe até ao carro e como o meter no carro visto que não iria caber lá dentro .
Tive de telefonar ao Jota que ainda estava acordado e prontamente disponibilizou-se para ir ajudar a carregar o peixe e tive de acordar o meu pai para levar a carrinha e carregar o peixe.

Um grande agradecimento ao Jota por carregar na totalidade o peixe , pois para mim era impossível ter mais forças para tal feito.


Uma jornada que tudo indicava terminar com mais uma grade , mas com alguma sorte com alguns gostam tanto de dizer ,acabou por terminar como uma jornada épica com o peixe de uma vida!
Mais um sonho atingido e agora que venha o Robalo da minha Vida xD !


Cumprimentos!



Cana - Shimano Game AR-C 906
Carreto - Morethan Branzino 3000
Fio - Shimano Kairiki SX-8 0,18

domingo, 24 de setembro de 2017

E continuam a vir aos pares !

Mais uma investida nocturna ao Spinning , que deu para fazer o gosto ao dedo com 2 capturas madrugadoras.
Nos primeiros 10 minutos e já tinha estes dois no saco ...


O tempo foi passando e não havia mais sinal deles ...
No final ainda fui contemplado com mais uma captura , mas foi um juvenil sortudo que foi prontamente devolvido ao mar .
Cumprimentos!


Cana - Shimano Game AR-C 906
Carreto -Shimano Rarenium Ci4 4000 FB
Fio - Shimano Kairiki SX-8 0,18